Classificação dos Verbos: Saiba Tudo Sobre

Quer saber sobre classificação dos verbos? Tem dúvidas quando o assunto é verbo? Então confira tudo sobre a classificação dos verbos. Leia tudo atentamente.

Por ser uma das classes gramaticais que mais sofre flexão na língua portuguesa, o verbo possui várias classificações. Se você sempre teve dúvidas, este conteúdo vai explicar mais sobre o assunto, abrangendo todos os tipos de classificação dos verbos.

Classificação dos Verbos: Saiba tudo

Conheça as 12 principais classificações do verbo a seguir:

Verbos Regulares

São aqueles verbos que não sofrem alterações em seu radical nem em suas terminações de conjugação.

Exemplos de verbos regulares: aprender, cantar, amar, partir, vender, dividir, estudar.Verbo ESTUDAR na 1ª conjugação:

  • Eu estudo, eu estudei, eu estudava.

Verbo DIVIDIR na 2ª conjugação:

  • Eu divido, eu dividi, eu dividia.

Verbo PARTIR na 3ª conjugação:

  • Eu parto, eu parti, eu partia.

Verbos Irregulares

Diferentes dos verbos regulares, os verbos irregulares sofrem alterações em seu radical, não se enquadrando nos modelos da conjugação verbal.

Exemplos de verbos irregulares: dar, pedir, vir, fazer, pôr.

Estes verbos mudam o radical durante as conjugações, como nos exemplos abaixo:

  • Pedir (eu peço, eu pedi, eu pedia);
  • Fazer (eu faço, eu fazia, eu farei);
  • Ir (eu vou, eu fui, eu ia);
  • Pôr (eu ponho, eu pus, eu pusera).

Observando estes verbos, vemos que seus radicais diferem dependendo de sua conjugação. Assim sendo, os radicais presentes na 1ª conjugação, precedidos de -e e terminados em -c, e -g são substituídos por -qu, -c e -gu respectivamente:

Chegar – cheguei

Ficar – fiquei

Já os radicais presentes na 2ª conjugação, precedidos de um -o ou -a e terminados em -c, -g e -gu, são substituídos por , -j e -g, respectivamente:

Erguer – ergo – erga

Vencer – venço – vença

Averiguar – averiguo – averigua

Verbos transitivos

Verbos transitivos são aqueles que precisam de complemento verbal para que façam sentido e podem ser transitivos diretos, indiretos ou ambos.

Exemplos:

  • O garoto pegou a sacola. (o garoto pegou o quê?  — Verbo transitivo direto)
  • Preciso de alguém no caixa. (preciso de quem? — Verbo transitivo indireto)
  • O garoto pegou a sacola e entregou ao pai. (pegou o quê? Entregou a quem? — Verbo transitivo direto e indireto)

Saiba mais sobre Verbo transitivo

Verbos Intransitivos

Verbos intransitivos são verbos que não precisam de objeto direto e indireto para completar a ação, diferente dos verbos transitivos.

Exemplos:

  • A menina nasceu.
  • O verão chegou.
  • Não sei o quanto já andei.

Aproveite e saiba mais:

classificação dos verbos

Verbos Defectivos

Verbos defectivos são verbos que não são conjugados em todos as suas formas — tempos, pessoas e modos.

Exemplos de verbos defectivos:

  • Colorir;
  • Doer;
  • Falir;
  • Reaver;
  • Adequar;
  • Demolir;

Exemplos com os verbos FALIR e COLORIR:

A empresa faliu.

Minha filha coloriu o desenho.

Exemplos de conjugações inexistentes e suas possíveis substituições:

Eu coloro (eu estou colorindo).

Eu reavo (eu vou reaver).

Verbos Impessoais

Verbos impessoais são verbos apenas conjugados na 3ª pessoa do singular, já que não possuem sujeito.

Exemplos de verbos impessoais:

  • Ventar;
  • Nevar;
  • Chover;
  • Anoitecer;
  • Haver (existir).

Frases com os verbos ANOITECER, CHOVER e NEVAR:

A cidade já anoiteceu.

Chove muito no país.

Nevou em Santa Catarina.

Verbos Anômalos

Os verbos anômalos são irregulares, pois suas conjugações possuem diferentes radicais primários.

Exemplos de verbos irregulares:

  • Ir
  • Ser
  • Estar

Exemplos com o verbo IR:

  • Eu ia na casa de minha mãe.
  • Eu fui à Bahia.
  • Eu vou à Bahia.

Exemplos com o verbo HAVER:

  • Eu hei de mudar.
  • Eu havia esquecido o celular.
  • Se eu houvesse ..

Verbos Unipessoais

Verbos unipessoais são conjugados na 3ª pessoa do singular e do plural, mesmo tendo um sujeito. Estes são os verbos que se relacionam com o sujeito racional os que representam as vozes dos animais.

Exemplos de Verbos Unipessoais:

  • Miar
  • Latir
  • Uivar
  • Custar

Exemplos com os verbos CUSTAR, CONVIR e UIVAR:

  • Os produtos custam caro.
  • Isto não me convém.
  • O cachorro do vizinho uivou muito.

Verbos Auxiliares

Os verbos auxiliares são verbos que, como o próprio nome sugere, auxilia na conjugação, acompanhando o verbo principal em suas formas nominais — em locuções verbais, voz passiva ou tempos compostos.

Exemplos de Verbos Auxiliares:

  • Ter
  • Ficar
  • Estar
  • Poder
  • Querer
  • Conseguir
  • Pretender
  • Ser

Exemplos com os verbos CONSEGUIR, HAVER e PRETENDER:

  • Eu consegui fazer o meu trabalho.
  • Nós haveríamos de saber.
  • Eu pretendia chegar longe.

classificao dos verbos

Verbos de Ligação

Verbos de ligação são verbos que não indicam ação, e sim, um estado ao se relacionar com o sujeito.

Exemplos de Verbos de Ligação:

  • Parecer
  • Estar
  • Continuar
  • Ficar

Exemplos com os verbos CONTINUAR, ESTAR e PARECER:

  • Minha vida continua na mesma.
  • Eu estou chateada com ele.
  • O professor parece irritado.

Verbos Pronominais

Verbos pronominais são aqueles verbos conjugados com pronomes oblíquos átonos.

Exemplos de Verbos Pronominais:

  • Zangar-se
  • Arrepender-se
  • Sentar-se
  • Lembrar-se
  • Lembrar de
  • Esquecer de
  • Queixar-se

Exemplos com os verbos pronominais LEMBRAR DE, LEMBRAR-SE e ZANGAR-SE:

  • Eu lembrei de você.
  • Você se lembrou do meu aniversário?
  • O chefe zanga-se à toa.
  • Os verbos pronominais podem ser essenciais e acidentais.

Verbos Essenciais

Estes verbos, para serem conjugados, precisam ser seguidos de pronome:

Ela não se arrependeu do ato.

Zangou-se e foi embora.

Sentou-se na cadeira.

Verbos Acidentais

Já estes verbos não necessitam obrigatoriamente de um pronome:

Deitou-se e dormiu.

Deitou o gato na cama.

Enganei a todos.

Enganei-me de novo.

Verbos Abundantes

Verbos abundantes são verbos que podem ser conjugados de duas formas no particípio: particípio regular e irregular.

Exemplos de Verbos Abundantes na 1ª conjugação:

  • Ganhar
  • Pegar
  • Entregar
  • Matar
  • Pagar
  • Aceitar

Exemplos com os verbos GANHAR, ACEITAR e PAGAR:

Ele tem ganhado na loteria (regular).

Ele tem ganho na loteria (irregular).

A oferta foi aceitada pelo cliente (regular).

A oferta foi aceita (irregular).

O boleto foi pagado (regular).

O boleto foi pago (irregular).

Exemplos de Verbos Abundantes na 2ª conjugação:

  • Eleger
  • Aceitar
  • Morrer
  • Suspender
  • Prender
  • Envolver

Exemplos com os verbos ACENDER, ELEGER e SUSPENDER:

Por favor, mantenha a luz acesa (irregular).

Por favor, mantenha a luz acendida (regular).

O político foi eleito (irregular).

O político foi elegido (regular).

O pagamento foi suspenso (irregular).

O pagamento foi suspendido (regular).

Exemplos de Verbos Abundantes na 3ª conjugação:

  • Incluir
  • Submergir
  • Extinguir
  • Exprimir
  • Expelir

Exemplos com os verbos IMPRIMIR, INCLUIR e SUBMERGIR:

O papel foi impresso (irregular).

O papel foi imprimido (regular).

A garota está incluída no banco de reserva (regular).

A garota está inclusa no banco de reserva (irregular).

O navio ficou submergido no mar (regular).

O navio ficou submerso no mar (irregular).

Gostou ! Aproveite e compartilhe.